Escrito por Enilda Falcão Lins    Qui, 07 de Abril de 2011 04:49
PDF
A Videira, os Ramos e o Agricultor
Tamanho da Fonte

Eu sou a videira verdadeira, vós os ramos. Quem permanecer em mim, esse dá muito fruto, porque sem mim nada podeis fazer”. João 15.5

No texto da meditação de hoje, Cristo apresenta em suas palavras dirigidas aos Seus discípulos, a figura “da Videira e dos Ramos”. Ele faz uma comparação para que houvesse uma maior compreensão do que queria dizer. Ele Jesus, é a Videira e, nós, os ramos. Jesus também comparou o Pai ao Agricultor.

No versículo 2, lemos: “Todo ramos que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda”. Acontece em algumas ocasiões da árvore apresentar ramos secos, murchos, mortos, então vem o agricultor e, limpa a árvores, podando seus galhos secos.

Podemos observar duas realidades distintas. 1) Aquele que faz uma decisão dizendo receber a Jesus como Salvador, vai algumas vezes à igreja, e depois, aos pouquinhos vai se afastando, até não aparecer mais. É como um galho que vai morrendo, amarelando, até ficar seco, totalmente sem vida. Estes são cortados; 2) A outra situação é daquele que realmente recebeu Jesus como Salvador, começou a freqüentar a igreja, se envolve com os grupos na igreja, dá alguns frutinhos, depois, começa a relaxar, se descuida do alimento espiritual, a Palavra de Deus, não lembra mais de orar, vai poucas vezes à igreja. Neste caso, vem o Agricultor e faz uma poda nestes galhos que estão ficando secos, para que voltem a produzir frutos. Se eu quiser ser um discípulo frutífero, tenho que cooperar com Deus na poda da minha vida. João 15. 1-2.

Poda implica cortar os galhos mortos e aparar os vivos, para estimular o crescimento. Quando Deus nos poda corta o pecado e as superficialidades, as coisas mortas de nossa vida. Também corta coisas boas, para torná-las mais sadias como no caso de um negócio que vai bem, de repente começa a desandar; um relacionamento agradável que se esfria; uma boa saúde, que, quando menos se espera, vem uma enfermidade. Algumas dessas coisas boas podem ser cortadas por Deus em nossa vida para que frutifiquemos mais. A poda não é opcional. Ela é necessária, importante para o nosso crescimento. Deus faz isso para ser glorificado através de nós, e para o nosso bem, como você pode ler em João 15.8.

Se você é discípulo de Jesus, vai ser podado. Conte com isso! Essa poda é feita por Deus. Ele sabe o que está fazendo e quer o melhor. Às vezes ficamos confusos quando estamos sendo podados, não compreendemos logo o processo do Agricultor. Indagações surgem em nossas mentes, tais como: Por que Deus está fazendo isso comigo? Dediquei minha empresa a Ele, mas ela está falindo; Porque vou ter que enfrentar esta enfermidade? Tenho sido dizimista fiel, mas meus negócios não estão indo bem! Pode ser a poda de Deus, amado! Não confunda a poda com castigo, disciplina. Deus apenas o está vendo como alguém que pode produzir muito mais fruto. É isto que Ele mais quer de você.

Qual deve ser sua atitude durante a poda? Você perdeu o emprego? Não se preocupe. Glorifique! Está enfermo? Ore, entregue seu problema ao Senhor e Glorifique! Roubaram seu carro? Deus tem uma idéia melhor. Ele vê o que você não vê. Deus pode usar cada situação da sua vida para ajudá-lo a crescer, mas para que isso aconteça você tem que ter a atitude correta.

Será que a poda pode falhar? Claro que sim. Se não cooperarmos com Deus, resistindo, nos rebelando, nos queixando, ficando ressentidos, então Deus pode interromper o processo tão importante da poda e, nosso caráter não se desenvolverá da forma que Ele planejou, pois, Seu desejo é que sejamos a cada dia mais parecidos com Seu Filho Jesus Cristo.

Reflexão: Sabe como Deus faz você produzir o fruto do Espírito? Permitindo que você encontre situações e pessoas com qualidades exatamente opostas. Ensina-lhe AMOR, colocando à sua volta pessoas nada amáveis. Ensina-lhe ALEGRIA no meio da tristeza. Ensina-lhe PACIÊNCIA, permitindo que as situações lhe frustrem. Coopere com Deus louvando-O em cada circunstância. – 1º Tessalonicenses 5.18 – “Dêem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus”.

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Comentários  

 
#1 ANA CLÉIA 14-01-2017 08:51
Uma reflexão muito edificante para a Glória do nosso Deus !!!
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...