Escrito por Enilda Falcão Lins    Sáb, 02 de Abril de 2011 04:35
PDF
Sugestão De Um Roteiro Para Sua Devocional - IV
Tamanho da Fonte

"Se eu atender a iniqüidade do meu coração, o Senhor não me ouvirá” (Salmo 66:18).

Segunda-feira passada ainda falamos sobre adoração, louvor e gratidão. O tema é extenso, vai muito mais além. Hoje colocaremos em evidência mais alguns passos do roteiro de oração, portanto, depois do período de adoração, louvor e ações de graça, você fará:
1- Sua dedicação de vida - Isso mesmo. A cada novo dia que surge você deve renovar seu pacto de dependência para com o Senhor. Se você não fez ainda um pacto de dependência d’Ele, aproveite para fazê-lo agora, renovando-o a cada dia. Você pode dizer mais ou menos assim: “Senhor, agora neste momento eu quero fazer Contigo um Pacto de Dependência. Quero que Tu sejas o Oleiro Divino e eu, um simples barro, dócil, maleável nas Tuas mãos. Que seja feita a Tua vontade e não a minha, Senhor. Realiza o Teu plano perfeito na minha vida. Dá-me um coração temente a ti e, obediente a Ti”. Amém! É importante lembrar de que este pacto deve sempre ser renovado, para que ele não fique no esquecimento. Torna mais fácil cumpri-lo, se você fizer sempre a renovação dele. Portanto, o pacto de dependência de ontem, não serve mais para hoje. Renove-o a cada dia.

2 - Confissão de pecados – Confesse o seu pecado e peça perdão a Deus. O pecado é um grande obstáculo para o atendimento da oração. Releia o texto em meditação e observe esta verdade em sua palavra: “Se eu atender a iniqüidade do meu coração, o Senhor não me ouvirá” (v.18). Também leia o que diz Isaias 59.1-2: “Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para que não possa ouvir. Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça”. Veja ainda II Crônicas 7.14: “E se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”. Confesse, portanto, os seus pecados e, se não tiver consciência deles, peça a Deus que os traga à sua memória, então, você irá lembrando um a um e confessando-os.

O Senhor deseja que seus filhos tenham vidas santas. Ele ouve nossas confissões de pecados e está sempre disposto a nos perdoar. Depois do período da confissão, você passará para o da intercessão. Na próxima segunda-feira continuaremos a comentar sobre os outros passos do roteiro da oração.

Reflexão: “Aqueles que deixaram a mais profunda marca nesta Terra amaldiçoada pelo pecado foram homens e mulheres de oração. Você descobrirá que a oração é a força poderosa que tem movido não somente a mão de Deus, mas também o homem” - D.L. Moody. Que Deus o abençoe a cada dia que passa em seu novo propósito de se tornar um homem ou mulher de oração!

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...