Escrito por Enilda Falcão Lins    Sex, 25 de Março de 2011 04:09
PDF
A Verdadeira Riqueza
Tamanho da Fonte

I Timóteo 6.

Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes”. (I Timóteo 6. 8).

Tem uma tradução que diz: “Tendo, porém, sustento e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes”. Há pessoas que jamais se conformam com o que tem. Se têm um carro bom, querem ter outro melhor. Seu guarda-roupas embora esteja com bastante roupas, não se contentam, querem comprar mais. Têm sempre que estar mudando os móveis, pois os que possuem já não servem mais por estarem fora de linha. Outros se mortificam, se desgastam trabalhando incessantemente, sempre pensando em ganhar mais dinheiro, mudar de vida, de padrão, de status. Quanta insensatez!

 


Outros não se conformam em ser pobres e, passam o dia se lastimando, murmurando. Acham-se miseráveis, porque não possuem riquezas, bens, posses.

Devemos estar atentos para o texto contido em I Timóteo 6.8-10, que diz: “Tendo, porém, sustento e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação e laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores”.

Paulo disse em Filipenses 4 .11-12: “Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda a maneira e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome; tanto a ter abundância como a padecer necessidade”.

Em Provérbios 15.16 lemos: “Melhor é o pouco com o temor do Senhor do que um grande tesouro onde há inquietação”. Finalmente, Hebreus 13 .5-6, diz: “Seja vossa vida sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei...”.

Reflexão: Que os nossos corações estejam voltados para as riquezas celestiais. Jesus disse: “De que vale o homem ganhar o mundo todo e perder a sua alma?”. Que as palavras desse belo hino reflitam as nossas maiores aspirações nesta vida! Cante o hino se souber.

“As riquezas do mundo pouco valem prá mim,

Pois Jesus, no Teu reino, dás-me vida sem fim.

E no livro da vida, que conservas aí,

Certo estou que meu nome, foi escrito por Ti.

Foi escrito por Ti, o meu nome no Céu.

Sim, no livro da vida, foi escrito por Ti”. Aleluia!



 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...