Escrito por Enilda Falcão Lins    Ter, 22 de Março de 2011 04:02
PDF
Bom é Louvar ao Senhor!
Tamanho da Fonte

Que todo o meu ser louve o Senhor, e que eu não esqueça nenhuma das suas bênçãos!”. (Salmos 103 . 2).

Há um hino muito bonito e expressivo que diz: “Conta as bênçãos, conta quantas são recebidas da Divina mão. Uma a uma, dize-as de uma vez, hás de ver, surpreso, quanto Deus já fez”.

Quantas bênçãos temos recebido das mãos poderosas de Deus e, muitas vezes nos esquecemos de agradecer e louvar a Ele pelo recebimento delas. Louvar a Deus é um grandioso privilégio que temos e, começar a aprender a louvá-lo aqui na terra, nos preparará para melhor fazê-lo no céu. No Salmo 34.1 lemos: “Eu sempre darei graças a Deus, o Senhor; o seu louvor estará nos meus lábios o dia inteiro”.

Podemos louvar ao Senhor, com palavras, cânticos, sobretudo com um coração cheio de ações de graças. Quando louvamos a Deus alegramos o Seu coração. Ele fica satisfeito quando seus filhos possuem um coração agradecido. Davi possuía um coração muito grato e cheio de louvor a Deus. No Salmo 119.164, ele diz: “Sete vezes por dia eu te louvo por causa dos teus justos mandamentos”. Sete vezes por dia Davi louvava ao Senhor!

Como Davi, aprendamos a louvar ao Senhor por tudo. Devemos louvá-lo pelas coisas agradáveis, pelas bênçãos que muitas vezes chegam através de uma cura, um emprego, uma vitória na Justiça, uma casa própria, um carro novo, mas também, louvá-lo pelas provações, pelas coisas tristes e sombrias que Ele permite nos atingir, pois em Romanos 8 .28 lemos: “Todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seus decretos”.

Ele tem o controle de todas as coisas. Ele tem propósitos para nossa vida. Ele transformará o mal em bem. Nós somos barro nas mãos do Oleiro Divino e, para nos moldar e nos transformar em um vaso de honra e de bênção, algumas vezes temos de passar pelo fogo. Louvemos a Deus por isso! Mesmo que a dor seja grande, mesmo que as lágrimas rolem por nossa face, mas, mesmo assim, louvemos ao Senhor. Este é o sacrifício de louvor que nos diz Hebreus 13 .15 – “Por isso, por meio de Jesus Cristo, ofereçamos sempre louvor a Deus. Esse louvor é o sacrifício que apresentamos, a oferta que é dada por lábios que confessam a sua fé nele.”

Está feliz? Louve! Está sofrendo? Louve! “O choro pode durar uma noite, mas, a alegria vem pela manhã.” Entretanto, o motivo maior para louvá-lo é a tão grande salvação que Ele nos deu através de Jesus Cristo.


Reflexão: “É bom cantar louvores ao nosso Deus; é agradável e certo louvá-lo”. Cante agora: “Na redenção, firmado estou, meu cativeiro já findou, contente cantarei louvor, a meu glorioso Salvador!”

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...