Escrito por Enilda Falcão Lins    Sex, 01 de Novembro de 2013 18:36
PDF
Um investimento garantido
Tamanho da Fonte

2º Timóteo 1.12.

“...porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia.” 2º Timóteo 1.12.

Vale a pena fazer uma leitura de todo o capítulo 1º, da 2ª Carta de Paulo a Timóteo. Com certeza, através da leitura, iremos tirar grandes lições para o nosso viver diário. Neste capítulo, Paulo está encorajando Timóteo e, enchendo-o de esperança. Os cristãos daquela época estavam sofrendo uma crescente perseguição por parte do governo romano. A pressão que eles sofriam para abandonar a fé era muito forte.

Atualmente estamos passando por momentos assim. É bem verdade que em nosso País ainda não estamos vivendo uma perseguição religiosa aberta, mas, de forma velada, já começamos a sentir a presença dessa pressão que os cristãos antigos sofreram, e, podemos observar que a cada dia que passa, a perseguição à fé cristã vai deixando aparecer suas garras. É preciso que busquemos urgentemente a força do Senhor, para que possamos lidar com as tensões cotidianas e a pressão que já estamos começando a sofrer, para abandonarmos a nossa fé em Deus, e no Seu Filho Jesus Cristo.

O Sistema Mundial está operando de forma cada vez mais agressiva e poderosa. É com tristeza que vemos pessoas abandonando a fé, motivadas pelos "prazeres" que o mundo oferece, jovens se envolvendo com drogas, bebidas, vivendo de forma alucinada, irresponsável e egoísta, achando que a alegria de viver se encontra nessas coisas, que só os levam à morte.

A necessidade de adquirir bens a qualquer custo, está contaminando a muitos que ficam pensando que o possuir bens e riquezas, é o que vai lhes trazer felicidade. Os bancos andam correndo atrás de clientes para que façam altos investimentos. No nosso País temos algumas formas de investimento, tais como, a previdência privada, a caderneta de poupança que hoje rende muito pouco, e está sendo considerada apenas como uma forma da pessoa guardar dinheiro para uma emergência, os certificados de depósito bancário (conhecidos como CDBs), os fundos de investimento e as ações.

Investir, portanto, é deixar de comprar alguma coisa hoje para comprar no futuro. Isto é, guardar nosso dinheiro em uma das formas de investimento para angariarmos mais recursos para que possamos realizar nossos desejos no futuro. Quando nós poupamos, mesmo que o façamos de pouquinho em pouquinho, no futuro receberemos os rendimentos dessa aplicação, o que nos possibilitará realizar os nossos sonhos de consumo, como trocar os móveis, comprar um carro novo, dar entrada na compra da casa própria, etc. Tem muita gente preocupada com esses tipos de investimentos. Não que sejam uma coisa ruim em si, mas, o que pesa é em qual investimento nós estamos mais preocupados, se no investimento terreno, ou no investimento do Reino.

Paulo nos chama a atenção exatamente para este ponto. Não podemos perder a fé, ou abandonar a fé, por causa de perseguições, ou por causa de propostas tentadoras e aparentemente prazerosas, que o Sistema Mundial nos oferece. Jesus no Sermão do Monte disse: "Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam. Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração." Mateus 6 . 19-21.

Ter um investimento é importante? É sim! É importante e necessário que sejamos previdentes, pois, ninguém sabe sobre o dia de amanhã, mas, será que estamos também investindo no Reino de Deus? Como será que anda a nossa "conta bancária" por lá? Não me refiro às boas obras, haja vista que elas são consequências de um coração transformado, convertido a Jesus, mas, me refiro ao nosso investimento no Reino, que consiste em amar e servir a Jesus, viver uma vida sob Seu Governo, e fazer o que agrada e alegra o Seu coração. Este é o principal investimento. Se não tivermos condições de fazer o primeiro, com o segundo estaremos garantidos na eternidade.

Assistindo aos Jornais na televisão, ou mesmo lendo os jornais do nosso País, diariamente estamos tendo notícias de ladrões detonando caixas eletrônicos, assaltando bancos, promovendo as saidinhas bancárias, etc... Eles estão de olho nos dinheiros depositados nos bancos, mas, na nossa "conta bancária" do céu, ninguém mexe, pois, ali o ladrão não chega para nos roubar. Paulo disse: “...porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia.” 2º Timóteo 1.12. Deus está guardando o nosso tesouro, nosso depósito, nosso investimento, como queiramos chamar. Lá não existe inflação que vá desvalorizá-lo, não existe traça para corroê-lo, e muito menos ladrão, para roubá-lo.

Jesus contou a seguinte parábola do tesouro: "Também o Reino dos céus é semelhante a um tesouro escondido num campo que um homem achou e escondeu; e pelo gozo dele, vai, vende tudo quanto tem e compra aquele campo." Mateus 13 .44. Com este texto, podemos sentir a diferença dos valores dos tesouros, ou seja, a diferença entre os tesouros da terra, e os tesouros do Reino de Deus. O tesouro do Reino de Deus é tão importante, que levou aquele homem a vender tudo o que tinha, para investir nele.

Reflexão: O nosso foco não deve ser nas riquezas da terra. Elas são passageiras. Vai chegar um dia em que haveremos de partir deste mundo, e não poderemos levar nada que aqui juntamos tais como: depósitos bancários, investimentos, casas luxuosas, carros importados, sítio, casa de praia, fazenda, etc... Nada! De uma coisa estejamos certos: Todo o investimento que fizermos no Reino de Deus, estará lá, bem guardado pelo nosso Pai. Repito as palavras de Paulo: “...porque eu sei em quem tenho crido e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até àquele Dia.” 2º Timóteo 1.12. Este é um investimento garantido, seguro! Pense nisso!

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...