Escrito por Enilda Falcão Lins    Qui, 17 de Outubro de 2013 22:30
PDF
Quando a alegria faz a diferença
Tamanho da Fonte

Filipenses 4 . 4-8.

“Alegrai-vos sempre no Senhor. Outra vez vos digo: Alegrai-vos!” V. 4.


Eu tenho muita apreciação pela Carta de Paulo aos Filipenses. Através dela podemos tirar muitas lições para nossa vida e, particularmente eu destaco o texto de Filipenses 4 . 4-8. Por gostar tanto deste texto resolvi memorizar e, ele sempre me acompanha no meu dia a dia. A Carta do Apóstolo Paulo aos Filipenses exalta a alegria, o bem estar, o contentamento na vida em família, no relacionamento com os irmãos e, no serviço cristão.

 



O capítulo 4, de Filipenses, nos dá mandamentos preciosos, para que possamos viver a nossa vida diária com ALEGRIA, embora enfrentando muitas vezes tribulações, dificuldades. Portanto, vamos tentar colocar em prática o que nos ensina o Apóstolo Paulo e, se assim fizermos, vamos provar em nossa vida a verdadeira paz de Deus e a verdadeira alegria.

I - ALEGRAI-VOS SEMPRE NO SENHOR... (v. 4).

Deus sabe que para a natureza humana é impossível alegrar-se em circunstâncias adversas; por isso manda que nos alegremos, não confiando em nossos recursos, mas “no Senhor”. Gosto de ressaltar a palavra SEMPRE. Primeiro verificaremos que se trata de uma ordem, pois está no imperativo. “Alegrai-vos”. Ele não diz que fiquemos ou não alegres, a depender da circunstância, mas, que devemos nos alegrar SEMPRE, seja qual for a circunstância que estejamos vivendo.

Para que isto seja possível o importante não é onde eu estou e que circunstâncias eu estou vivendo, mas é com quem eu estou! E o Salmo 23.4 diz: “Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte não temerei perigo algum, pois tu estás comigo;”. O SENHOR está conosco! O segredo para nos sentirmos alegres está em como reagimos diante das dificuldades. Sugiro que você leia I Pedro 4.12-16. Também quero ressaltar que a alegria é fruto do Espírito Santo, conforme lemos em Gálatas 5.22, outro texto que você deve ler na sua Bíblia.



II - SEJA A VOSSA MODERAÇÃO CONHECIDA...

PERTO ESTÁ O SENHOR. (v. 5).


Moderação significa equilíbrio. O equilíbrio deve se fazer presente, apesar das circunstâncias. Devemos lembrar que não devemos ser governados por emoções, mas pela fé. Quando Paulo diz que “Perto está o Senhor”, eu gosto de interpretar esta proximidade de Jesus não se referindo à sua vinda, mas à sua presença ao nosso lado, o que é uma garantia de alegria permanente. Veja o versículo 4, que diz: “Seja o vosso equilíbrio notório entre os homens. Perto está o Senhor”. O SENHOR não está longe. Ele está em nós, na pessoa do Espírito Santo.

Somos responsáveis pelo nosso comportamento, e as pessoas estão interessadas em saber como podemos viver alegres diante das lutas e dificuldades e, por que somos diferentes. Eis uma grande oportunidade de se testemunhar, revelando o segredo da presença da alegria em nosso coração, apesar de... Aconselho que faça a leitura de Mateus 5 .13 a 16. Claro! Somos diferentes! Somos SAL e LUZ!

III - NÃO ESTEJAIS ANSIOSOS... (v. 6ª).

Podemos ter muitas razões para vivermos angustiados, mas a presença do Senhor faz com que qualquer coisa dessa ordem não se faça presente em nosso coração. A resposta para a nossa ansiedade deve ser: O Senhor está cuidando de nós! Os textos de Salmo 23.1; Mateus 6 .34; I Pedro 5.7, devem ser lidos e assinalados na sua Bíblia. Como temos oportunidade de testemunhar de JESUS quando somos obedientes aos seus mandamentos! As pessoas do mundo reagem de forma diferente diante dos problemas, mas nós, discípulos de Jesus, temos de agir segundo o padrão de d’Ele, com equilíbrio, com controle, diante das situações difíceis. Estamos vivendo momentos terríveis, ameaçadores e cheios de incertezas, mas, quando temos em nosso coração a convicção de que o Senhor está conosco e cuidando de nós, podemos atravessar esses dias com paz no coração.  

IV – ... ANTES APRESENTAI A DEUS... PELA ORAÇÃO, SÚPLICAS, GRAÇAS. (v. 6b).

Este é o caminho para não levarmos cargas injustificadas: Expressando nossa necessidade diante de Deus; Fazendo petições por necessidades específicas nossas e intercessões pelos outros; e, recebendo tudo com ação de graças.

Com ação de graças? Você pergunta. E isto não é masoquismo? Diante do sofrimento ainda por cima agradecer? Não amado! Você está na escola de Deus, aprendendo a ter o caráter de Jesus. Se Deus permite que você passe por provações, Ele tem propósitos! Veja como o Senhor deseja que Seus filhos ajam lendo Efésios 5.20. “Em tudo daí graças porque esta é a vontade de Deus para convosco.

V - RESULTADO - E A PAZ DE DEUS... (v.7).

É o resultado de cumprirmos a ordem do Senhor. Então vamos experimentar Sua promessa: A PAZ DE DEUS! Não é certa qualidade de paz, mas é a própria PAZ DE DEUS, inerente à Sua natureza. As pessoas não entendem como podemos ter paz em meio aos problemas. Surge então mais uma vez a oportunidade de falar a essas pessoas o porquê de termos paz. Esta PAZ DE DEUS guardará o nosso coração e os nossos sentimentos em Cristo Jesus.

VI – MANTENDO A MENTE FIRME... (v. 8).

 


Finalmente o versículo 8 nos ensina como podemos ficar equilibrados e continuarmos em paz: Quando pensamos em: “... tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.”

Reflexão: Vamos dizer agora ao Senhor: “Pai, querido a partir de hoje eu quero ter uma nova maneira de viver diante das dificuldades, dos problemas. Coloca em meu coração a ALEGRIA, que é fruto do Espírito e, que a Tua paz possa estar inundando o meu coração para que as pessoas possam ver que sou diferente porque Tu habitas em mim e, porque Tu cuidas de mim. Amém! “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus...”. Salmo 46.10a.

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...