Escrito por Enilda Falcão Lins    Ter, 02 de Abril de 2013 14:53
PDF
Um Coração Agradecido
Tamanho da Fonte

II Reis 4. 8-37.

“Eis que tu nos tens tratado com muita abnegação, que se há de fazer por ti?...” “...que se há de fazer por ela? Geazi respondeu: Ora, ela não tem filhos, e seu marido é velho.” V.13-14.

O profeta Eliseu estava sensibilizado com a abnegação da sunamita. Que mulher extraordinária! Com que cuidado e carinho havia mandado construir aquele quartinho para o profeta ficar, quando passasse por Sunén. Algo deveria ser feito por ela. Com o coração transbordando de gratidão e reconhecimento, o profeta mandou chamar a sunamita. É tão bom quando possuímos um coração cheio de gratidão! Aí está uma lição que nos dá o profeta: Devemos cultivar um coração agradecido.

Assim também era o apóstolo Paulo, cheio de gratidão. Ele nos exorta através de suas epístolas a cultivarmos um coração agradecido: “Não cesso de dar graças a Deus por nós lembrando-me de vós em minhas orações.” Efésios 1.16. Em I Tessalonicenses 5.18 ele escreveu: “Em tudo daí graças, porque esta é a vontade de Deus em cristo Jesus para conosco.” Em Colossenses 4 .2 lemos: “Perseverai em oração, velando nela com ações de graças”. Poderíamos citar uma infinidade de textos das cartas paulinas, onde o servo do Senhor revela um coração cheio de gratidão pelo que os ir mãos faziam por ele para ajudá-lo e, também em que ele nos exorta à gratidão.

Como está o seu coração? Será que anda embrutecido, cheio de egoísmo, apenas recebendo favores e mais favores sem lembrar-se de agradecer? Tem você procurado desenvolver um coração cheio de gratidão para com Deus? Será que vc agradece a ele apenas as coisas boas? As que lhe favorece? E as demais? A Palavra de Deus nos ensina: “Em tudo daí graças...” Ela não diz que devemos dar graças em algumas coisas, mas, em tudo! Pela dor, pela enfermidade, pela necessidade, pela perseguição, a calúnia, etc. “Em tudo daí graças...” Por que dar graças até por essas coisas ruins? Ora, quando Deus permite que passemos por situ ações assim, Ele o faz com propósitos. Quer moldar nosso caráter. Q uer que cresçamos mais na Sua dependência. Romanos 8 .28 diz: “Toda as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seus decretos.”

Tem você reconhecido o que seu vizinho tem feito por você? O que seus irmãos na igreja tem feito para lhe ajudar? Tem reconhecido o carinho, o amor que lhe dedica um amigo íntimo? O que tem feito você para retribuir tudo isso? O profeta sentiu necessidade de dizer muito obrigado, e o fez através de uma ação. Alguma coisa devia ser feito em troca do cuidado, do amor, da dedicação da sunamita.

Surgiu um problema: O que se poderia fazer por uma mulher rica, que tem tudo e nada lhe falta? “Que se há de fazer por ela?” Indagou o profeta. O seu ajudante então sugeriu: “Ora, ela não tem filhos, e seu marido é velho.” O coração do profeta se alegrou! Podia fazer algo em favor da sunamita. Às vezes as pessoas têm tudo materialmente falando, mas, às vezes precisam de nossas orações para obter favores divinos. Quantos têm bens e são tristes, infelizes, cheios de amargura! Podemos orar por elas! O profeta prometeu à mulher um filho para ela. Era um homem de fé. Orou a Deus e Ele respondeu enviando esse filho. E nos diz o texto que a sunamita concebeu o filho no tempo determinado. Agora ela era uma mulher muito feliz! Ganhara um filho! Eliseu estava também muito alegre, pois, pôde mostrar sua gratidão para com aquela mulher tão bondosa.

Reflexão: Assim como o profeta Eliseu, que possamos também desenvolver um coração agradecido, cheio de amor e de reconhecimento para com aqueles que sempre estão nos abençoando e, principalmente, que possamos ter um coração agradecido para com Deus, que a cada dia nos cumula com tantas bênçãos!


 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...