Escrito por Enilda Falcão Lins    Ter, 01 de Maio de 2012 14:15
PDF
Parecendo com Jesus
Tamanho da Fonte

I João 3. 1-6.

Meus amigos, agora nós somos filhos de Deus, mas ainda não sabemos o que vamos ser. Porém sabemos isto: quando Cristo aparecer, ficaremos parecidos com ele, pois o veremos como ele realmente é. E todo aquele que tem essa esperança em Cristo purifica-se a si mesmo, assim como Cristo é puro.” Vs. 2-3.


Quando recebemos Jesus como Senhor e Salvador de nossa vida, podemos perceber que existe uma diferença muito grande entre o que fomos ontem e o que somos hoje. Senão vejamos: Antes, a vida era cheia de frustrações, amarguras, inquietações, ansiedades, medo da morte; hoje, vida realizada, cheia de amor, fundamentada na Rocha – Jesus Cristo, calma, repleta de esperança e segurança, sem medo da morte. Tudo isso e muito mais coisas poderíamos dizer sobre nossa vida hoje, porque, agora “somos filhos de Deus”. Passamos a habitar no reino da Luz, na cond ição de filhos do Rei e como tal, agora nossa maior preocupação e desejo deve ser o de ter um comportamento semelhante ao d'Ele.

A Bíblia nos assegura que um dia seremos semelhantes a Ele. Isso ocorrerá na sua volta, quando Ele vier nos buscar, mas, enquanto isso não acontece, é necessário que nós comecemos a nos preparar para esse grande acontecimento. De que forma? Procurando ser cada vez mais puro, mais santo, assim como ele é santo. Paulo se preocupava em ter sempre como alvo na sua vida a Jesus. Parecer com o Mestre, se portar e sentir como Jesus, era o que o apóstolo procurava fazer. Na sua carta aos Filipenses ele escreveu: “Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha...” Filipenses 2 .5. E você quer saber qual era o modo de pensar de Jesus? Então continue a leitura até o versículo 11.


A verdade é que enquanto estivermos aqui na terra, jamais poderemos ser iguais a Ele, mas, a cada dia podemos procurar viver uma vida pura, santa, nos distanciando do pecado, não por nossa própria força, mas por total rendimento, submissão a Deus, então, ainda aqui na terra desfrutaremos um pouco da natureza do Mestre.

Conta-se que um missionário chegando a uma cidade, resolveu visitar uma família de crentes e, ao bater à porta, veio atender uma criança. O missionário perguntou se o dono da casa estava, e ela respondeu que não. Então, o missionário agradeceu e prometeu retornar. Quando o pai da criança chegou em casa, ela contou da visita daquele homem e, então o pai perguntou se ele dissera o nome dele. A criança respondeu: “Não papai, mas, ele parecia com Jesus”.

Reflexão: É na Palavra de Deus que iremos descobrir e aprender como Jesus era. O que Deus quer que façamos, como devemos dirigir nossos sentimentos, nossos pensamentos, nossas ações e atitudes. Que cada um de nós possa primar por uma vida de pureza, de santidade. Que a esperança de sermos no futuro semelhantes a Jesus, possa despertar em nós o desejo ardente de procurarmos andar como Ele andou.

 

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...