Escrito por Enilda Falcão Lins    Ter, 10 de Abril de 2012 10:36
PDF
Sinto-me na força do Senhor Deus!
Tamanho da Fonte

Salmo 71

Falarei do teu poder, ó SENHOR, meu Deus; anunciarei a tua fidelidade, a tua fidelidade somente.” V. 16.

O homem por mais extrovertido, por mais corajoso, dinâmico, valoroso, cheio de energia que seja, pode passar por momentos em sua vida em que ele vacila, se intimida, e sente toda sua fortaleza ameaçada. E isso ocorre porque nós somos limitados, mas, o homem sábio, primeiramente ele é humilde para reconhecer a sua pequenez e limitação. Ele sabe que embora tenha sido favorecido por possuir um temperamento cheio de dinamismo e coragem, mesmo assim ele sente necessidade de ser sustentado por algo mais sólido.

O salmista ao escrever este salmo, compreendia suas limitações e sabia que por suas próprias forças jamais obteria vitória na sua caminhada em todos os aspectos. Ele estava protegido e firmado de uma forma sábia. Disse ele para Deus: “Ó Deus, sê a minha rocha de abrigo e uma fortaleza para me proteger! Tu és a minha rocha e a minha fortaleza.” (v. 3). Esse foi o segredo do sucesso desse homem, porque, desde a sua mocidade, fez do Senhor Deus a sua Rocha.

Não importa qual seja o seu temperamento. Não importa se você tem tendência ao desânimo, ao medo, à depressão, ao pessimismo, se você é uma pessoa inibida, tímida, e se sente incapaz de realizar algo grandioso para o Senhor. Se você fizer do Senhor a sua Rocha e nele buscar a força dinâmica para reger a sua vida, você se tornará de um tímido, medroso, em um valente herói, em uma pessoa alegre, agradável e comunicativa.

Deus não quer que ajamos por nossa própria força, pois, com certeza o fim será desastroso. Portanto, se você é corajoso, valente, destemido, cuidado para não pensar que você é o máximo e que por você mesmo consegue tudo na vida. E você que é tímido, inseguro, não se deixe abater por essas tendências negativas, pois Deus não se alegra com elas. Há uma versão da Bíblia que diz: “Sinto-me na força do Senhor Deus.” Ele deseja que o tempo todo estejamos cheios de sua força. Ele está disposto a nos auxiliar em todos os problemas que estejamos passando, a vencer os obstáculos, a galgar as montanhas, a vencer os gigantes, a tomar grandes decisões, mas, é necessário que estejamos solidificados nele, a nossa Rocha.

No Salmo 57.2 Davi exclamou: “Eu chamo o Deus Altíssimo; eu chamo a Deus que me ajuda em tudo.” E Davi foi um homem vitorioso porque dependia do Senhor e somente dele. Josué havia recebido uma grande incumbência da parte do Senhor, que era substituir Moisés na liderança do povo de Israel. Josué encheu-se de temor ante tão grande responsabilidade, mas Deus falou para ele: ”Lembre da minha ordem: Seja forte e corajoso! Não fique desanimado, nem tenha medo, porque eu, o SENHOR, seu Deus, estarei com você em qualquer lugar para onde você for!” E Josué re almente venceu através da força do Senhor. Ele apenas dependia de Deus.

O povo de Israel estava triste depois que Esdras leu o Livro da Lei e ficou desanimado porque não estavam cumprindo o que Deus determinara para ser obedecido, mas, Neemias deixou para eles a seguinte palavra de ânimo: “Vão agora para casa e façam uma festa. Repartam a sua comida e o seu vinho com quem não tiver nada preparado. Este dia é sagrado para o nosso Deus; portanto, não fiquem tristes. A alegria que o Senhor dá fará com que vocês fiquem fortes.” Neemias 8 .10. E aquele povo sustentado na força do senhor, reagiu e não desanimou.

Timóteo era tímido, medroso, e Paulo o advertiu dizendo: “Pois o Espírito que Deus nos deu não nos torna medrosos; pelo contrário, o Espírito nos enche de poder e de amor e nos torna prudentes.” II Timóteo 1.7. E Timóteo cheio da força do Senhor venceu suas limitações e foi um grande servo de Deus.

Muitos outros exemplos poderíamos citar, como Moisés, Jacó, Isaias, homens que só venceram depois que reconheceram suas limitações e, resolveram tornar-se totalmente dependentes de Deus. Finalmente, citamos o apóstolo Paulo que se tornou um grande vitorioso, porque compreendeu que pela força do Senhor ele seria um vencedor e, exclamou: “Com a força que Cristo me dá, posso enfrentar qualquer situação.” Filipenses 4 . 13.

Reflexão: Assim como o salmista disse “Sinto-me na força do Senhor”, que você também possa sentir-se assim, buscando o Senhor diariamente, dependendo dele para tudo em sua vida, e se solidificando cada vez mais na Rocha, pois, só desta forma se obtém a verdadeira vitória. Amém!

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...