Escrito por Enilda Falcão Lins    Qua, 01 de Junho de 2011 11:02
PDF
Vasilhas Vazias
Tamanho da Fonte

II Reis 4. 1-7.


“Então disse ele: Vai, pede para ti vasos emprestados a todos os teus vizinhos, vasos vazios, não poucos.” (v. 3).

Observando cuidadosamente a narração da história da viúva, percebemos que ela era uma mulher pobre, sem recursos, cheia de dívidas, e por isso repleta de medo por causa dos credores. Há muitos crentes que estão em situação semelhante à dessa viúva. Pobres, sem recursos e endividados. Entretanto, há outros que se encontram assim espiritualmente falando e, é este aspecto que quero destacar nesta meditação. Pessoas espiritualmente pobres, enfermas, anêmicas, porque não cuidam de alimentar-se da Palavra de Deus. Pessoas que andam cheias de medo de tudo. Medo de outras pessoas, medo de enfrentar a vida, medo de enfrentar a morte por não estarem preparados.

Na verdade, Jesus quer que seus filhos tenham vida e, vida em abundância (João 10.10). Ele realmente deseja que sejamos prósperos, ricos da Sua graça, que frutifiquemos abundantemente, que nossa vida seja como árvore frondosa e produtiva para que possamos ser bênçãos para outras pessoas.

No momento que aquela mulher foi pronta a obedecer à voz do profeta, e a buscar vasilhas vazias, vasilhas e mais vasilhas, a bênção do Senhor começou a cair sobre sua vida e da sua família. As vasilhas foram sendo cheias de azeite. Deus também espera que sejamos obedientes à sua ordem de sermos cheios do Espírito Santo, mas para que isto aconteça, inicialmente precisamos obedecer e, sermos vasilhas vazias. Temos que nos esvaziar diante de Deus, confessando nossos pecados e então, depois que estivermos vazios de tudo que é impuro, do que desagrada a Deus, ele nos encherá com o Seu Espírito Santo e, passaremos a ter vida abundante, rica, produtiva, poderosa, que se tornará em bênçãos para outras pessoas e para o Reino de Deus.

Quem deseja de verdade ter uma vida cheia do Espírito Santo, de unção, que no caso é representado pelo azeite derramado nas vasilhas vazias, necessita ter quatro qualidades, que ao mesmo tempo são condições para se ter vida abençoada. Vejamos:

1 – A vasilha do Desejo de Receber – Em Tiago 1 .6 lemos: “Peça-a, porém com fé, não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento e lançada de uma para outra parte.” Se sentirmos de verdade este desejo de ser cheio do Espírito Santo, porque nos achamos pobres e debilitados, busquemos, pois, com toda vontade esta bênção! Em Lucas 11 .9 lemos: “Pedi e dar -se-vos-á; buscai e achareis; bati e abrir-se-vos-á.”

2 – Vasilhas Vazias -  Era necessário que as vasilhas estivessem totalmente vazias. Assim, é necessário que estejamos totalmente esvaziados de todo pecado, de tudo aquilo que venha impedir de sermos abençoados. Lemos em I João 1.9: “Mas, se confessarmos os nossos pecados a Deus, ele cumprirá a sua promessa e fará o que é correto: ele perdoará os nossos pecados e nos limpará de toda maldade.”

3 – Vasilhas da Fé – “E tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis.” – Mateus 21 .22.  A fé é fundamental para adquirirmos uma vida de poder. A Palavra de Deus nos diz que “Tudo é possível ao que crer.” Em Hebreus 11 .6 lemos: “Sem fé ninguém pode agradar a Deus, porque quem vai a ele precisa crer que ele existe e que recompensa os que pr ocuram conhecê-lo melhor.”

4 – A Vasilha da Obediência – “A pessoa que me ama obedecerá à minha mensagem, e o meu Pai a amará. E o meu Pai e eu viremos viver com ela.” João 14.23. A mulher não vacilou. Foi em obediência à ordem do profeta. Porque obedeceu, foi abençoada. Portanto, aquela mulher recebeu tanto azeite quantas vasilhas conseguiu arranjar e, também as vasilhas estavam vazias. Também a benção dependeu do seu desejo de ser abençoada, de sua fé e da sua obediência.

Reflexão: Que possamos ter em nós esse desejo tão grande de ser cheio do Espírito Santo. Para tanto, vamos nos apresentar diante do Senhor totalmente esvaziados para que ele possa nos encher até transbordarmos do poder do Espírito Santo.

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...