Escrito por Enilda Falcão Lins    Ter, 17 de Maio de 2011 10:58
PDF
O Valor de Uma Boa Palavra
Tamanho da Fonte

Isaias 50

“O Senhor Deus me ensina o que devo dizer a fim de animar os que estão cansados. Todas as manhãs, ele faz com que eu tenha vontade de ouvir com atenção o que ele vai dizer”. (v.4).

Hoje meditaremos no valor de uma boa palavra. Todos nós sabemos o grande perigo que é a nossa língua. Um órgão tão pequenino, mas uma arma tão perigosa! Tiago nos adverte quanto à nossa língua dizendo: “É isto o que acontece com a língua: mesmo pequena, ela se gaba de grandes coisas. Vejam como uma grande floresta pode ser incendiada por uma pequena chama! A língua é um fogo. Ela é um mundo de maldade, ocupa o seu lugar no corpo e espalha o mal em todo o nosso ser. Com o fogo que vem do próprio inferno, ela põe toda a nossa vida em chamas.” (Tiago 3 .5-6). Tiago continua mostrando o perigo que é a nossa língua e, que com ela muitos bendizem a Deus e depois blasfemam contra Ele, e amaldiçoa os homens. Quantos estão usando a língua para proferirem uma dura palavra, que ofende, magoa, fere! Quantos estão usando a língua para gritar insultos, dizer palavrões, falar mal do irmão, criticar, caluniar, difamar alguém e mentir!

Ao contrário disso, sabemos o valor de uma boa palavra dita no seu tempo certo. Quão doce e suave é ao coração amargurado e cansado, uma palavra cheia de amor! Como abranda e acalma um coração rebelde, agressivo, uma palavra cheia de perdão e misericórdia! Em Efésios 4.29 lemos: “Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam aos outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem.” Devemos, pois, ser cuidadosos com as palavras que proferirmos. A pessoa que muito fala é insensata e diz muitas bobagens.

O Profeta Isaias nos chama a atenção para que possamos sempre dizer uma boa palavra no momento certo, ao cansado, uma palavra de conforto, de amor. Ele mesmo passou por um processo de purificação dos seus lábios. Ele mesmo disse que era um homem de lábios impuros, mas, quando o Senhor purificou seus lábios com uma brasa tirada do altar, ele passou por um processo de mudança e, seus lábios passaram a dizer uma boa palavra, de edificação e conforto para o coração das pessoas (Isaias 6.5-6).

O salmista sabia que para proferir uma boa palavra, era necessário que houvesse uma mudança profunda no seu coração, no seu íntimo, quando disse: “Que as minhas palavras e os meus pensamentos sejam aceitáveis a ti, ó Senhor Deus, minha rocha e meu defensor!” (Salmo 19.14). Sim, porque somente poderemos dizer boas palavras se tivermos pensamentos retos diante de Deus, porque Jesus disse que “a boca fala do que o coração está cheio”.

Através da nossa comunhão diária como Senhor, orando, meditando na sua Palavra é que vamos crescendo espiritualmente, vamos aprendendo a fazer aquilo que agrada a Deus. No texto em meditação Isaias revelou o segredo pelo qual ele podia proferir uma boa palavra, no tempo certo, ao que estava cansado. Ele disse: “O Senhor Deus me ensina o que devo dizer a fim de animar os que estão cansados. Todas as manhãs, ele faz com que eu tenha vontade de ouvir com atenção o que ele vai dizer.” (v.4).

Reflexão: Que tal seguirmos o exemplo de Isaias? Vamos ser despertados todas as manhãs pelo Senhor, a fim de estar em comunhão a sós com Ele? Vamos ler a sua Palavra e meditar nela? Vamos aprender o que Deus quer nos ensinar? Só assim poderemos ver mudado esse pequeno órgão tão perigoso, traiçoeiro, ser transformado por Deus para dizer boas palavras, palavras que edificam! Palavras de louvor! Palavras de gratidão!

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...