Escrito por Enilda Falcão Lins    Seg, 16 de Maio de 2011 10:57
PDF
Não Tenha Medo!
Tamanho da Fonte

Números 14.1-45.

Se o Senhor Deus nos ajudar, ele fará com que entremos nela e nos dará aquela terra, uma terra boa e rica. Porém não sejam rebeldes contra o Senhor e não tenham medo do povo daquela terra. Nós os venceremos com facilidade. O Senhor está com a gente e derrotou os deuses que os protegiam. Portanto, não tenham medo”. (vs.8-9).

O povo de Israel estava prestes a adentrar a terra prometida - Canaã. Doze homens haviam sido separados para espionar a terra e, no período de quarenta dias terem conhecimento da terra a ser possuída. Dez homens voltaram desanimados, cheios de medo e, começaram a influenciar todo o povo de Israel, dizendo que a terra era muito próspera, boa, rica, mas, os seus habitantes eram gigantes fortes e que destruiriam todo o povo. Dez homens enfermos espiritualmente contagiaram a maioria daquele povo com sua doença, a falta de fé em Deus, cujos sintomas eram o medo, o desânimo e a murmuração. Nos versículos de 1 a 4 podemos observar a reação do povo diante do relatório pessimista daqueles homens incrédulos. O povo então se revoltou contra Deus, contra Moisés e Arão e, começaram a murmurar, desejando voltar para o Egito.

O Egito representa o mundo com todo o seu peso e julgo do pecado. O povo de Deus enquanto estava no Egito, vivia escravizado, sob um julgo muito duro! O homem quando está no mundo, ele é comparado ao povo de Deus no Egito, pois no mundo, ele vive escravizado ao pecado. Quando o homem se converte, então ele se liberta do pecado e começa a sua caminhada no deserto. Enquanto caminha no deserto, muitas vezes se comporta como aqueles murmuradores, que não tinham fé suficiente Deus. Quando de repente aparece diante dele algum gigante, algum obstáculo, ele logo deseja voltar para o Egito.

Há muitos que estão se comportando como aquele povo murmurador que desejava retornar para o Egito, movido pelo medo, pela falta de Fé em Deus. Apenas aqueles, como Josué e Caleb, que tiveram uma confiança inabalável no Senhor, que mesmo sofrendo provações e passando dificuldades, mas, sabiam que Deus removeria os obstáculos, apenas esses poderão entrar na Canaã e dela tomar posse.

O nosso Deus é o Deus do impossível! Em Isaias 43.13 Deus nos diz através do Profeta: “Operando eu quem impedirá?” Deus remove todos os obstáculos e retira toda a força do inimigo, dos gigantes, se apenas nele confiarmos, e se o amarmos de todo o coração (vejam os versículos 8 e 9).

Quão maravilhoso seria se você pudesse olhar os gigantes, os grandes montes, o Mar Vermelho, o Rio Jordão, com os olhos da fé, lembrando que Deus está sempre ao seu lado, sempre pronto a lhe ajudar vencer cada obstáculo que aparecer na sua frente para que você possa entrar na Canaã Celestial.

O versículo 8 nos mostra uma condição para que nos apropriemos da promessa: “Se o senhor se agradar de nós, nos porá nesta terra.” Ele deseja que confiemos integralmente nele durante a nossa travessia no deserto. Porque aquele povo se rebelou e murmurou, querendo retornar para o Egito, Deus retardou a sua chegada a Canaã por 40 anos (vs. 33-34), caminhando e sendo disciplinado duramente no deserto. Eles já estavam perto da bênção, preste a tomar posse da terra. Diz-nos a Palavra de Deus, que os murmuradores não tomaram posse da terra que manava leite e mel.

Reflexão: Queira Deus que você hoje, que está atravessando o grande deserto rumo à Canaã Celestial, não deixe de olhar para Jesus o grande Guia, que sempre está ao seu lado, para lhe ensinar e dar forças para vencer a todos os obstáculos. Enfrente as disciplinas do Espírito Santo sobre sua vida com louvor, humildade e alegria, tendo fé no Senhor e, logo, ainda aqui na terra, você já tomará posse dessa promessa: Entrar na Canaã Celestial, e passará ater uma vida abundante e vitoriosa! Cuidado, pois, para que você não incorra no mesmo erro daquele povo rebelde, e não consiga entrar na terra prometida. Cabe a você a escolha!

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...