Escrito por Enilda Falcão Lins    Seg, 02 de Maio de 2011 10:15
PDF
Palavras Que Edificam
Tamanho da Fonte

”As tuas palavras tem sustentado aos que tropeçavam, e aos joelhos vacilantes tens fortalecido.” Jó 4.4

Hoje o texto nos chama a atenção para as palavras que temos proferido no nosso dia a dia. Que palavras têm saído da nossa boca? Será que são palavras de encorajamento, de fé, de otimismo, de amor, de aconselhamento? Palavras brandas, doces, sábias? Ou será que estamos falando palavras duras, de críticas, murmurações, palavrões, expressões vulgares, palavras tolas e insensatas?

Como será que estamos nos dirigindo aos nossos pais, amigos, colegas, irmãos na igreja, as pessoas em geral? Pela maneira como falamos somos identificados ou como crentes ou como pessoas do mundo. Como será que as pessoas estão nos identificando pela nossa maneira de falar? No Salmo 19.14 Davi faz uma oração a Deus dizendo: “Que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis a ti, senhor, minha Rocha e meu Resgatador!”

Lembremos de que Deus está sempre presente e ouve tudo que falamos. Ele sabe até o que estamos pensando. Nada lhe é oculto. Será que o que estamos falando está alegrando o coração de Jesus? Paulo na Carta aos Efésios, no capítulo 5. 3, nos exorta sabiamente sobre o uso da palavra, dizendo: “Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual como também nenhuma espécie de impureza... Não haja obscenidade, nem conversas tolas, nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ações de graças.” E ainda em Efésios 4. 29 lemos: “Nenhuma palavra torpe (obscena, indecente) saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que ouvem.”

Reflexão: Consagremos nossa boca ao Senhor diariamente, a fim de que elas sejam uma bênção para as pessoas que nos cercam e possamos ser edificadores de vidas. Faça agora esta oração: “Coloca, Senhor, uma guarda à minha boca; vigia a porta dos meus lábios.” Salmo. 141.3.

 

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...