Escrito por Enilda Falcão Lins    Sáb, 09 de Abril de 2011 04:57
PDF
Obedeça e Receba a Promessa
Tamanho da Fonte

Juízes 2. 1-3.

Subiu o anjo do Senhor de Gilgal a Boquim, e disse: Do Egito vos fiz subir, e vos trouxe a terra, que, sob juramento havia prometido a vossos pais. Eu disse: Nunca invalidarei a minha aliança convosco”. (2. 1).

Eis um belo capítulo do livro de Juízes, que traz grandes lições para nossa vida. Seria importante que fosse feita a leitura do capítulo todo.

Inicialmente podemos observar a constância de Deus e a inconstância dos homens. Deus é fiel. O que Ele promete cumpre, jamais voltará Sua palavra atrás. Deus não mente. Ele firmou Sua aliança garantindo-a através de Sua própria pessoa imutável (Hebreus 6 .18). Fez a promessa a Abraão, ele creu e essa promessa foi cumprida. Todas as promessas contidas na Palavra de Deus, algumas já se cumpriram, outras ainda se cumprem e, outras se cumprirão.

Já o homem é tão falho! Esquece o passado com tanta facilidade e, muitas vezes não está preocupado com o futuro. O grande erro do povo de Israel foi ter esquecido o passado. Um passado tão cheio de experiências, de tantas maravilhas, de tantos livramentos. Experimentaram diversas vezes das misericórdias de Deus, do Seu perdão. O povo de Israel falhou em sua promessa a Deus de amá-Lo, obedecê-Lo. Não se preocupou de ensinar os Mandamentos de Deus aos filhos, e chegou um tempo, depois que Josué morreu, que surgiu uma geração que não conhecia ao Senhor, que não sabia nada do passado do Povo de Israel, o que Deus havia feito pelo povo. Como resultado, o povo daquela geração fez tudo o que Deus abominava, adorando deuses falsos (vs. 10 – 13).

Jamais devemos esquecer nossas experiências do passado, especialmente quando caímos em pecado e fomos restaurados, e sofremos as disciplinas do Espírito Santo sobre nossas vidas. Essas lembranças ficarão como um alerta, para que lembremos de como foi terrível termos sido desobediente a Deus, como Sua mão pesou sobre nós e, como Ele foi tão misericordioso quando nos voltamos para Ele, arrependidos. Devemos, sim, firmar diariamente o nosso pacto de dependência d’Ele, de submissão ao nosso Deus. Desta forma, desenvolveremos em nosso coração um constante senso de gratidão a Ele, por tão grande salvação. “O passado é uma lição para se meditar, e não para se reproduzir.” Mário de Andrade.

Queridos pais, se vocês desejam ter filhos obedientes a Jesus, é necessário que diariamente ensinem a eles os caminhos de Deus. Ensinem eles a amar a Jesus. Ensine-os através de seu próprio exemplo; da leitura da Bíblia em casa por ocasião do Culto Doméstico; levando-os à igreja, e não ficando em casa. Não negligenciem essa ordem do Senhor, para que seus filhos não se desviem e vocês chorem lágrimas amargas. O Senhor pesará Sua mão sobre vocês e seus filhos. “Ele vela pela Sua Palavra para fazê-la cumprir”.

Oração: Querido Deus coloca em meu coração o desejo de ser obediente a Ti. Aumenta o meu amor por Ti e desenvolve em mim um coração agradecido por tão grande salvação que Tu me destes através de Jesus Cristo e, que eu jamais venha esquecer do passado, das lições aprendidas por ter sido desobediente e rebelde, das Tuas misericórdias. Que possa ensinar aos meus filhos os Teus caminhos, para que eles jamais venham se desviar e se afastar de Ti. Em nome de Jesus. Amém!

 

Enilda Falcão Lins

Enilda LinsDrª.Enilda Lins, esposa do Pr. Isaías Andrade Lins Filho há 48 anos. Mãe de 3 (três) filhos, avó de 6(seis) netos. É Bacharel em Direito, advoga, é especialista na área de Direito de Familia, sendo Membro Efetivo do Instituto Brasileiro de Direito de Familia - IBDFAM.

Exercendo a advocacia há mais de trinta anos, a dra. Enilda Lins já exerceu diversas atividades no Serviço Público Municipal e também no Serviço Público Federal. Escritora de diversos artigos publicados em revistas e sites de cunho evangélico.


Autor deste Artigo: Enilda Falcão Lins

Exibir outros Artigos deste Autor

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Arquivos Recentes

Planejamento 2014 Download

Login Form

Informe seus dados de acesso

Esqueceu sua senha? Registrar-se

Siga também...